Presidente da Câmara esteve em reunião com o Presidente do TRE-SE

Na tarde de terça-feira, 31, o Presidente da Câmara Municipal de Pedra Mole, Vereador José Alberto Fonseca, esteve em reunião com o presidente do TRE-SE, Des. Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima e a Juíza Ana Lígia de Freitas Soares Alexandrino. Na ocasião foi discutida a possibilidade da extinção da 7ª Zona Eleitoral, por decisão do TSE, conforme estudos realizados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe. Também estiveram presentes na reunião os prefeitos Anderson Menezes (Frei Paulo) e Ana Rosa (Pinhão) e Presidente da Câmara de Vereadores de Pinhão, Wandson Nascimento.

O Município de Pedra Mole há muitos anos já integrou a Zona Eleitoral que tinha como sede o Município de Campo do Brito, período em que o acesso à Justiça Eleitoral era bastante penoso, tanto para os dirigentes Partidários, detentores de mandato, candidatos, quanto para a população em geral.

Os eleitores de Pedra Mole, na verdade, foram, à época, extremamente penalizados, visto que, por se tratar de uma população em sua maioria carente, não detentora de meios próprios de condução, tinham que se submeter ao transporte público para se locomoverem pela péssima estrada de piçarra, improvisada, que faz a ligação entre Pedra Mole e Macambira, para, em seguida, percorrerem mais 11 Km até chegar em Campo do Brito.

Para que se tenha uma verdadeira noção da realidade que enfrentamos, ao transitar pela via que interliga Pedra Mole a Macambira é preciso superar vários buracos, pedras, desviar de animais, além de torcer para que não sejamos vítimas dos constantes assaltos que ocorrem nessa região. Em razão destes obstáculos, leva-se, aproximadamente, 50 minutos para transitar por um trecho de apenas 20 km.

Por outro lado, a distância entre Pedra Mole e Frei Paulo é de apenas 20 km, em estrada completamente asfaltada, sendo que, desse total, 10 km é rodovia federal (BR 235), que se encontra em ótimas condições.